Cinco razões para você se permitir fazer Musicoterapia em 2018

Bom, o blog/portal entrará de férias e retorna na primeira semana de janeiro, por esse motivo, gostaria que o último texto feito por mim este ano, seja para cumprir o que me propus no final do ano passado: tornar-me uma pessoa melhor, uma pessoa que se ama e se aceita, uma pessoa mais compreensível e menos julgadora dos atos alheios, que eu pudesse aceitar e entender o que não estivesse ao meu alcance, mas que faria o  que fosse necessário para mudar o que precisasse para ser mais feliz e fazer a diferença na vida do próximo.
Por este motivo, em 2017 tive a iniciativa de fazer terapia, e a vida por sua sincronicidade acabou colocando a musicoterapia no meu caminho (uma terapia científica, com formação acadêmica e aprovada pela OMS). E já que tive tantos benefícios, vim contar para vocês, 05 razões para você se permitir passar por um processo musicoterapeutico, cuidar de você e conquistar o ano 2018 sensacional que você merece.

1º Motivo: Amor Próprio e Autoestima

Como já dito em textos anteriores venho de um relacionamento abusivo, com muitas traições e que por muito tempo prejudicou minha autoestima.
Com as sessões em que foi trabalhado a autoestima e amor próprio, houve uma percepção maior do meu valor.
Desta forma fica mais fácil enxergarmos o quão fantásticas somos, excelente profissionais, companheiras, mães, namoradas e principalmente que nossa felicidade só depende de nós mesmos, não está nas mãos do outro.
Com isso nos distanciamos de tudo e todos que minam nosso amor próprio e fere nossa autoestima, muitas pessoas disseram: Como ela mudou?  Porque esta assim? Minha resposta é: eu me amo mais do que antes, mudei sim, mudei para melhor, e quem ou o que,  não está presente agora em minha vida é porque não merece estar.

2º Motivo: Autoconhecimento

Com a ajuda da musicoterapia eu tive o prazer de conhecer a pessoa mais incrível, eu mesma!
Conhecer-me melhor, me proporcionou uma maior paz de espírito para lidar com os problemas do dia dia, me aproximou dos meus objetivos e do que eu realmente queria, fazendo com que, mesmo diante dos desafios mais difíceis de serem conquistados, eu conseguisse enxergar meus potenciais internos e as minhas ferramentas para lidar, superar e ir além. Como a música Sim, da Sandy fala: “E eu vi que eu podia mais do que eu sabia, eu vi a vida se abrir pra mim, quando eu disse sim!”
Eu aprendi a dizer SIM pra mim mesma, para quem eu fui, e para quem eu me tornei.

3º Motivo:  Sem dores crônicas ou insônia

Por meio de técnicas como EFT, Ho’ponopono, meditação, respiração profunda e o uso da música para entrar em contato com minhas dores e saber como acolhê-las, minhas enxaquecas diminuíram em 90%.
Hoje é muito difícil eu ter crises e quando tenho, vão embora mais rápido.
Com os mesmos métodos utilizados na musicoterapia, sendo nas sessões ou praticando sozinha, a ansiedade também diminuiu muuuuito, consegui com isso não ter crises de choro sem explicação, compulsão alimentar e apertos no peito., o que consequentemente fez com que os episódios de insônia quase não existissem mais.
Minha saúde mental, emocional e física agradecem.

4º Motivo: Superação do luto e bom relacionamento familiar

Aprendi a respeitar cada indivíduo como ele é, assim como aprendi também a me respeitar e a colocar limites.
Aprendi que apesar de amar muito minha mãe, eu sou filha e é esse o papel que tenho que desenvolver com ela. Que não é fácil dizer não para o que a família espera da gente, mas que só assim, seguindo minha verdade interna, posso me desenvolver e crescer.
Aos grandes amigos, a reciprocidade é uma lei, já com os que nunca foram,  ganharam minha distancia e a devida importância que cada um merece.
O mais fantástico de tudo foi poder entender o porque quem amamos partem, e por qual motivos estamos sofrendo com a partida deles, e principalmente cuidar disso, foi assim que consegui superar  luto que vinha me fazendo tanto mal após a partida de meu pai (Você pode ler mais aqui).

5º Motivo: Prosperidade e Sucesso

Dentro do processo terapeutico pude observar o quanto, inconscientemente, estava sabotando meu sucesso e prosperidade, por diversas razões.
Percebi que acolhendo a minha criança interna, cresceu dentro de mim o senso da quão merecedora eu sou de tudo de bom que estava vindo para mim, além de passar a reconhecer que mereço ainda mais.
Organizei também em lista todos meus sonhos e objetivos. Vibrar pelo que quero para mim e mentalizar o que posso oferecer para o universo
Isso deixou mais claro que meus sonhos eram possíveis e que eu estava no caminho certo quando diariamente fazia meu trabalho e sabia cada vez mais que nunca é perda de tempo quando você dá seu máximo, um dia você colhe toda horta que cultivou.
Aprendi a reconhecer onde estava vibrando com escassez na minha vida,
Quando observei isso,  vi o quanto sempre vibrava era de forma negativa, já colocando o NÃO na frente, como: não quero um trabalho que pague pouco, ou , não quero um chefe que não me valorize, ou até mesmo, não quero não poder mais ter dinheiro para fazer a coisa que mais amo na vida que é viajar. Entendi que não adianta apenas saber o que eu não quero, mas sim, que o mais importante é saber o que eu quero, preciso, mereço.

É isso gente, a mensagem é amem-se e se respeitem.  2018 não vai trazer nada para você! Quem vai fazer isso é você, assumindo um compromisso com você mesmo, fazendo acontecer, se conhecendo, tirando os sabotadores internos, dizendo sim para o que você quer e para quem você realmente é!

“Sinto muito, me desculpe, eu te amo, sou grata!”

Nota: Como todo post que eu faço sobre a minha terapia, um monte de gente me pede os contatos dela e onde ela atua, segue abaixo alguns contatos que são possíveis de encontrar a Juliana Bertoncel.

Site: Terapia e Musica (Links Clicáveis)
Instagran: @Terapiaemusica
Facebook: Terapia e Musica

 

 

 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário